Como melhorar a qualidade do corte a plasma

Como melhorar a qualidade do corte a plasma

O corte a plasma já é vantajoso por si só, não é mesmo? Entretanto, existem métodos que é possível aplicar nas operações para que a qualidade do corte melhore ainda mais. Continue lendo o nosso blog e veja as dicas que a equipe da Megaplasma tem para você e seu negócio!

Por mais que as dicas ajudem a maioria das pessoas que trabalham com o corte de plasma, alguns fatores podem variar a qualidade do corte e pode estar caracterizado com o tipo de material que será cortado, mesa para corte a plasma, tipo de equipamento e até mesmo fatores externos.

Direção do corte de plasma

A direção da tocha para o corte a plasma é um dos fatores mais relevantes para aumentar a qualidade do trabalho realizado.

Para o contorno do corte — os ângulos do corte mais quadrados estão sempre no lado direito com relação ao movimento de avanço da tocha. Os consumíveis de plasma na maioria das vezes giram sentido horário e o lado melhor de corte está no lado direito da tocha à medida que ela se desloca para a frente.

Furo/recurso interno — para esse procedimento a tocha plasma se desloca no sentido anti-horário e o melhor lado para o corte se encontra no lado direito da tocha deslocando-a para frente.

Os processos de corte mudam de acordo com a espessura e tipo do material, escolha do gás e plasma, distância da tocha à obra e tensão do arco, velocidade de corte e por fim e talvez o fator mais importante para a qualidade do corte são as condições dos consumíveis para corte plasma.

Como saber se os consumíveis estão gastos?

Com o tempo, é comum encontrar na máquina de corte plasma com consumíveis desgastados, entretanto, é o fator crucial para a qualidade do corte. O ideal é inspecionar periodicamente os consumíveis a fim de perceber os desgastes antes que dê sinais nos materiais cortados.

Ao encontrar, substitua os consumíveis gastos imediatamente e verá a diferença da tecnologia de corte a plasma. Outra dica que damos é, sempre que for realizar a substituição do bico plasma, substitua o eletrodo plasma simultaneamente para encaixe e funcionamento correto sem que um desgaste o outro.

Atenção a posição da tocha para corte plasma

Ações simples quando o assunto é corte plasma fazem total diferença na qualidade do serviço final. Verifique e ajuste a tocha plasma para que fique perpendicular à peça de trabalho, tanto na parte frontal como na lateral da tocha.

A distância é outro fator relevante para o processo de corte, isso porque a distância é o fator responsável pela angulação. Veja um exemplo: ângulo de corte negativo pode estar ligado com a tocha estar muito baixa, aumente a distância da tocha à obra e veja a diferença.

Velocidade para o processo de corte

Antes de iniciar o processo, ajuste a velocidade de corte de acordo com a peça, já que a velocidade de corte também pode afetar os níveis de escória. Veja um exemplo: A escória de alta velocidade o arco fica para trás, o ideal é reduzir a velocidade de corte.

Dependendo da espessura do metal e do tamanho da máquina, o processo de corte pode atingir uma velocidade de até 8.000 milímetros por minuto. Parece inacreditável, não é mesmo? Mas lembre-se que um exemplo de um plasma natural é um relâmpago onde vemos a condução de eletricidade com velocidade média de 1224 km/h.

Agradecemos seu interesse!

Precisamos de alguns dados