Como escolher máscara de solda para corte plasma

Como escolher máscara de solda para corte plasma

Para operar uma máquina de corte a plasma é preciso utilizar diversos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para garantir a segurança do operador em casos de acidentes. Esses equipamentos são de uso obrigatório e a não utilização pode gerar pagamentos de multas e demissão por justa causa. A máscara faz parte dos EPI’s necessários para o manuseio dessa máquina, mas existem especificações que podem promover mais segurança e até mesmo agilidade na produção.

Acompanhe o blog da Megaplasma e veja as dicas que separamos para você garantir segurança nos processos na mesa de corte plasma.

Máscaras de solda

Lembre-se, as máscaras de solda, assim como qualquer equipamento de segurança individual, precisam ser certificadas para uso, e são de uso individual. Ou seja, não podem ser emprestadas ou compartilhadas com outros profissionais.

Existem diferentes tipos de máscara para o profissional de corte a plasma e que promovem diferentes benefícios, como por exemplo, com lente passiva ou filtro de escurecimento automático, com tonalidade fixa ou variável, com dois ou quatro sensores, com diferentes tamanhos de lente de visualização, entre outros fatores.

Automatização para EPI’s

Você já ouviu falar em lentes passivas? As lentes passivas apresentam escurecimento automático e utiliza uma lente de vidro com tonalidade fixa. Durante a utilização, enquanto o operador está posicionando a peça, seja o eletrodo ou a tocha, é necessário deixá-la na posição elevada. Depois, é preciso fazer um movimento com o pescoço para abaixar a máscara e deixá-la na posição adequada antes de iniciar o arco.

Por mais que o investimento inicial para utilizar a máscara passiva para processos máquina de corte a plasma seja alto, as vantagens se destacam. Veja um exemplo: O visor só recebe o escurecimento no momento do acionamento do arco, o que permite maior precisão durante a soldagem. A utilização desse tipo de máscara, aumenta o conforto de movimentação e diminui o risco de lesões por esforço repetitivo no pescoço.

Em máscaras automáticas, o filtro permanece em modo claro até o momento do início da solda, quando escurece automaticamente conforme pré-selecionado. O ajuste da tonalidade da máscara é regulado de acordo com a corrente da solda. No corte a plasma, a tonalidade recomendada pela norma EN 379:3003 pode ir de 100 ampéres a 400 ampéres.

Visão e sensibilidade ao operar máquina de corte a plasma

A visão não pode ser prejudicada com o uso da máscara para promover um corte a plasma com qualidade. Quanto maior o tamanho da lente, mais facilidade de visualização durante a solda — que resulta em uma operação de trabalho mais precisa. Sendo assim, verifique esse fator em especial quando for realizar a compra da sua.

A máscara de solda é um equipamento para proteção dos olhos do soldador contra a radiação ou qualquer acontecimento que possa atingir a visão e o rosto durante o processo de corte plasma. A sensibilidade também é um fator crucial a ser observado ao adquirir uma máscara de proteção. Os consumíveis plasma, como a própria tocha para plasma, tem alta incidência de luz artificial e a máscara precisa proteger o rosto e a região dos olhos contra os mesmos.

Agradecemos seu interesse!

Precisamos de alguns dados